Arquivo mensal: outubro 2017

Filme O Maior Amor do Mundo (Mother’s Day)

Sabe aquele filme que sempre aparece na sua tela inicial da Netflix e você fica procrastinando para ver? Então, O Maior Amor do Mundo ( ‘Mother’s Day) é um deles. Dirigido por Garry Marshal,o filme pretende contar a história de mulheres que precisam resolver conflitos familiares. Confesso que o que me chamou atenção foi a imagem de Julia Roberts ao lado de Jennifer Anniston. Julia está com um cabelo curto e vermelho. O que fizeram com ela gente?

Eu achava que o fosse um daqueles filmes de reunião familiar,achei até que Julia e Anniston fossem irmãs. Mas na verdade,é um recorte de histórias separadas,embora os personagens de conheçam ou se encontrem durante o filme. E tem de tudo: tem a mulher separada que tem que aturar a linda e jovem esposa do ex marido (Anniston), a celebridade que guarda um segredo da juventude ( Roberts), a mulher que esconde o marido indiano da família preconceituosa ( Kate Hudson). Tem o pai viúvo ás voltas com a filha adolescente.

E dá-lhe a clássica cena da compra do absorvente. Enfim,tem todos aqueles clichês que a gente já conhece que transformam o filme em absolutamente previsível. Rende sim umas piadinhas engraçadas, sobretudo com a chegada dos pais da personagem de Kate Hudson, que aliás, tem uma irmã lésbica no filme que também esconde dos pais sua condição. (que mulheres são essas gente, com medo da mamãe?)

 O filme é dirigido por Gary Marshall que tem no currículo sucessos como Uma Linda Mulher (1990),O Diário da Princesa (2001),Noiva em Fuga (1999). Ele ama a Julia Roberts né gente. Em o Maior Amor do Mundo podemos ver o reencontro ente Julia Roberts e Hector Elizondo, o funcionário do Hotel que ajuda a personagem de Julia Roberts em Uma Linda Mulher. Agora ele faz agente dela, que interpreta uma celebridade do mundo das vendas na TV!

 

O Maior Amor do Mundo definitivamente  não está na lista dos melhores que eu já vi,mas também não está na lista dos piores. Mas é um filme que provavelmente eu nunca mais vou assistir.

O que me deixou pasma foi perceber o quanto Julia Roberts, Kate Hudson e Jennifer Anniston estão envelhecidas. Uma vez eu comentei sobre o envelhecimento de um ator aqui e fui criticada. Claro que o tempo passa,mas ao vê-las tão envelhecidas, eu pensei: Se elas que são ricas e famosas estão assim,imagina “nozes”? rsrsrsrs

O cinema atual está muito cruel com quem tem mais de 25 anos ( e está longe de ser um ancião), sobretudo com as mulheres. As protagonistas atuais são muito novas e ainda tem espinha na cara. Então, vamos ter que nos acostumar a ver estrelas de outrora em filmes ruins e pouco divulgados quanto estes.

Julia Robests aliás é avó no filme. (spoiller). Para quem estava acostumada a aparecer linda e jovem nos filmes, deve dar aquela depressão básica. E isto vale para Hudson e Anniston. Mas fazer o quê? É  a vida. Não dá para ser a mocinha das comédias românticas para sempre né…

Gente,desculpa se tiver algo escrito errado. É que preciso correr para olhar minha filha. Já contei que agora eu sou mãe né. Tá, beleza. Não vou falar disto aqui. Prometo. Obrigada. De nada. Fui!

Filme: O Maior Amor do Mundo (Mother’s Day)

Diretor: Gary Marshall

Ano: 2016

Disponível na Netflix : Sim

Beijos!

 

download (6)download (7)download (8)download (9)

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: