Mães não são nada solidárias

Oi gente! Este não é um blog sobre maternidade, mas volto a dizer que o blog é meu e eu escrevo sobre o que quiser, hehe. Brincadeira, mas com um fundo de verdade. Hoje meu post pertence a série: coisas que aprendi sobre a maternidade. A primeira delas é que mulheres não são nada solidárias umas com as outras, mesmo depois de se tornarem mães. Aliás, pelo contrário, ficam piores ainda e mais competitivas. Descobri isto há sete meses quando minha Helena nasceu.

Comecei a perceber esta necessidade de competir em tudo das mães quando participava de um grupo no Facebook chamado Mamães de Março que migrou de um site onde a gente já trocava ideia desde a época de grávidas. A proposta era bem legal, uma ajudando a outra,relatando as experiências, medos, primeiras palavras do bebê, primeiros passos, primeiro sorriso, aquelas coisas. No início era bem legal, eu não saía de la. Mãe de primeira viagem que sou, a cada soluço diferente da minha filha eu corria no grupo e compartilhava a dúvida e ficava sim toda tranquila depois de saber que soluçar é normal. Ufa!

Acontece que com o tempo fui percebendo que a coisa começou a cair na tentação de competir. Os bebês começaram a crescer e fazer suas peripécias que eram compartilhadas dia após dias por todas. O problema é que muitas mães só faltavam falar que seus filhotes tinham aprendido a voar e a inevitável comparação começou a acontecer. Fui vendo que aquilo não estava sendo saudável para mim. Mãe hiper, mega neurada que sou, quase tinha um surto ao ver que o bebê da fulana da idade da Helena ou até mesmo mais novo já fazia coisas que minha pequena ainda não fazia.

Um belo dia decidi sair do grupo! E foi a melhor coisa que eu fiz! Hoje acompanho cada conquista da minha filha aos poucos sem pressa de ser feliz. Ela é uma criança tranquila, alegre e saudável, muito saudável graças a Deus. Decidi que não vou cair neste jogo perigoso de comparar minha filha com outros, algo nada saudável e que pode render uma série de problemas futuros, dentre os quais o pior é a quase inexistência de alto estima (opa, me identifiquei).

Gente!! Consegui terminar um post!!! Helena está ali sentadinha assistindo Galinha Pintadinha ( minha tortura de todos os dias esse DVD).

 

Feliz, feliz… kkkkkkkkkkkkkkkkkkimages

Anúncios

Publicado em novembro 16, 2015, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: