Campanhas publicitárias. Amando e odiando…

Olá!

Hoje quero falar de publicidade. Aliás, muitas pessoas dizem que existe uma rivalidade entre publicitários e jornalistas. E existe sim, viu! Nós jornalistas somos engajados, queremos um mundo melhor, menos opressor, mais igualitário enquanto os publicitários só querem vender coisas aumentando ainda mais as desigualdades deste mundo capitalista!

Calma gente! É brincadeirinha, nós amamos os publicitários! (brincadeirinha, mas sempre com um fundinho de verdade).

A propaganda brasileira está entre as melhores do mundo, não há como negar, sendo diversas vezes premiadas despertando o orgulho nacional. Campanhas feitas há bastante tempo continuam no imaginário de muita gente. E os jingles? Como não lembrar de: ” Pipoca na panela, começa a rebentar… pipoca com sal, que sede que dá… Pipoca e guaraná que programa legal… só eu e você e sem piruá…”. Demorei anos para entender que cantavam piruá, eu achava que era : só eu e você e sempre no ar! ( que lerda!)

As musiquinhas que grudavam na cabeça fizeram tanto sucesso no passado que recentemente a Sadia tentou revisitar esta técnica em um de seus comerciais. Uma musiquinha simpática toca enquanto alguém ( só mostra a mão da pessoa) passa margarina Qualy( a margarina oficial da seleção brasileira!) no pão e em outras guloseimas. Identifiquei na hora com comerciais antigos. Mas acredito que o comercial não fez o sucesso esperado e não conseguiu derreter ( que nem manteiga na panela quente) os corações dos saudosistas.

Alguns comerciais são tão óbvios que chegam a ser chatos. As propagandas de carro por exemplo. Salvo raríssimas exceções, mostram o automóvel ( não tem como fugir, tem que mostrar mesmo) sendo dirigido por alguém fantasma,ou então colocam a família toda dentro ou os melhores amigos. Para os mais esportistas, muita aventura na montanha ou na selva, com o carro todo sujo de barro. Para a família, criancinhas lindinhas sorrindo enquanto o paizão todo orgulhoso dirige o carro. Melhores amigos fazendo peripécias ao volante também são bem vindos. E para entrar ainda mais no clima da Copa, ontem vi um comercial que trazia um carro mais uma vez sendo dirigido por um motorista fantasma passeando entre criancinhas jogando futebol. Muito propício para o momento.

Uma vez ou outra porém as propagandas de carro conseguem acertar e conquistar alguma simpatia da minha parte. Achei legal um comercial recente com a música da Cindy Lauper, Girls Just Want To Have Fun. Bem legalzinho. Agradou saudosistas com a música anos 80 e jovens que nem eram nascidos na época em que foi lançada.

Propagandas de desodorante costumam ser até divertidas, mas recentemente eu fiquei preocupada com a possibilidade de acontecer alguma tragédia. Uma marca pedia aos torcedores brasileiros que enviassem videos cometendo loucuras  #pelo futebol. Fiquei imaginando algum doido se jogando de um prédio e mandando o vídeo para o Neymar. E não estou sendo irônica aqui não, achei a propaganda irresponsável mesmo. Tem doido para tudo nesta terra, vai saber.

Agora não existe comercial atual que me cause mais ódio do que a campanha da Sadia #joga pra mim com um bando de criancinhas pedindo aos nossos heróis de chuteiras que tragam o caneco. Seria muito melhor colocarem o simpático franguinho do que aqueles pirralhos pedindo de forma egoísta para os jogadores da seleção brasileira esquecerem os adultos e jogarem só para eles. Como assim esquecer milhões de torcedores? Eu que já vi o Brasil ganhar duas copas do mundo achei um absurdo. Vamos compartilhar  crianças, não sejamos egoístas. Por causa disso, quem não é criança podia   boicotar os produtos da Sadia!!!!!

Está certo que comerciais com criancinhas rendem campanhas muito bem sucedidas. No final dos anos 90,  a Parmalat fez todo mundo ficar louco para colecionar bichinhos de pelúcia, os mamíferos da marca. E o comercial era fofo mesmo. A musiquinha uma gracinha: ” O elefante é fã de Parmalat. Trate seus bichinhos com amor e Parmalat”, dizia. Lembro que meu irmão caçula até tirou uma foto ( que minha mãe colocou em um quadro na sala, hehe) vestido de urso ou tigre, sei lá! Que lindinho! Muitos fotógrafos aproveitaram ( e com razão) a campanha para ganharem dinheiro. Lembro que eles iam de porta  em porta e ofereciam as fotos para mamães corujas ansiosas para verem seus pimpolhos em fantasias fofas!

Mas voltando ao comercial #joga pra mim da Sadia, três crianças conseguem me tirar do sério. Uma que fala: ” Eu não tava nem na barriga da mamãe quando o Brasil foi campeão”. E dai garota? Problema seu! Nós não temos culpa disto.  Tem um garotinho também que fica requebrando que nem lagartixa. #ódio!E e no final um garotinho ( lindinho, não tenho nada contra ele) completa a frase Joga Pra Mim, com ênfase no Pra Mimmmmmmmmmmmmmmm, gritando que nem um menino mimado que faz pirraça quando pede alguma coisa.

Fica parecendo aqueles meninos sem educação e pirracentos que não sabem pedir as coisas com educação. Que vontade de dar um beliscão nele viu mesmo em época de Lei da Palmada e dizer:

Oh garoto mal criado, não é assim que fala não. Tem que dizer: Por favor jogadores brasileiros, será que dá para vocês trazerem o caneco para nós, afinal somos crianças e ainda não vimos o Brasil ganhar uma Copa do Mundo? Obrigado.

Assim fica bem melhor né Sadia!

Para minha surpresa acho que o tal garoto foi censurado  porque na internet não achei o vídeo que mostra o menino em questão, achei uma versão muito mais comportada com outro garoto pedindo de forma educada. Acho que boicotaram o menino!

Esse filho do Marcelo viu... mimado igual ao pai.

Esse filho do Marcelo viu… mimado igual ao pai.

 

Abaixo uma versão  do vídeo da Sadia, com um final surpreendente e que em minha opinião merecia ganhar o Oscar da propaganda. 

Anúncios

Sobre Uma Jornalista

Formada em Jornalismo pela PUC Minas em 2011.

Publicado em julho 3, 2014, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: