Histórias Cruzadas e a PEC das empregadas

Após longos dias sem escrever, aqui estou de volta. Aproveitando essa história da PEC das domésticas  quero falar de um filme que eu assisti de novo ontem, Histórias Cruzadas.

Em tempos em que de forma justa aliás, os empregados domésticos vem ganhando cada dia mais direitos e eles estão certos, ver como as empregadas negras eram tratadas nos Estados Unidos durante o período de segregação racial no Mississipi causa estranheza. Uma empregada negra não podia por exemplo usar o mesmo banheiro de sua patroa. Se isto ocorresse ela sofria muitas sanções, podendo ser inclusive despedida e sem direito a nada. Quando a corajosa jornalista Skeeter resolve escrever um livro sobre a vida dessas mulheres as coisas começam a mudar e suas histórias aparecem. São histórias de mulheres que criam os filhos dos brancos para depois assistirem essas mesmas crianças lindas já crescidas maltratarem suas empregadas da mesma forma que suas mães.

O filme talvez seja um tanto maniqueísta, mostrando vilãs caricatas dignas de novelas mexicanas. Mas também consegue comover e fazer rir ao mesmo tempo. Sobretudo no momento em que Mimi, umas das empregadas mais atrevidas vinga-se de sua ex patroa nojentinha oferecendo-lhe uma torta. O problema é o recheio, bem parecido com a cara da patroa. Mimi recheia a torta com seu próprio cocô! Se a moda pega… Eca!

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Anúncios

Sobre Uma Jornalista

Formada em Jornalismo pela PUC Minas em 2011.

Publicado em abril 7, 2013, em Uncategorized e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: