A Malvada. Desconfie dos bons!

Pessoas muito boazinhas não valem nada. Desconfie dos muito bons. É mais ou menos assim que você vai pensar depois de assistir ao filme A Malvada, vencedor do Oscar de 1950.   Eve Harrington,  jovem amável e sofrida que vai ao teatro todos os dias para ver a mesma peça e assim poder ficar mais perto de sua grande diva, Margo Channing, uma famosa atriz da Broadway, que começa a sentir os efeitos da idade. Para uma atriz, chegar aos 40 anos pode significar o começo do fim de uma carreira.

Eve não é o que parece, uma menina sofrida, com uma historia triste que chama a atenção da esperta camareira de Margo. Ao ouvir a história triste que Eve, ela diz em tom de ironia: ” Que história! Só faltam os cães de caça mordendo-a no traseiro”.  Esta camareira devia ter sido melhor aproveitada na história, já que foi a primeira a perceber que a jovem boazinha na verdade não era assim um docinho de coco. Aliás, o título em inglês All About Eve ( tudo sobre Eve) nos dá uma dica sobre o que sabemos sobre a garota: somente o que ela diz, o que ela quer contar.

Eve Harrington ( Anne Baxter)  se infiltra na casa e na vida de Margo Channing ( Bette Davis) para conseguir o que almeja, ser tão ou mais famosa que ela. Durante uma festa organizada pela pupila, Margo diz a frase que sintetiza sua crescente desconfiança de que na verdade, está criando uma cobra em casa.” Apertem os cintos, vai ser uma noite turbulenta”.

Eve consegue o que quer com a ajuda de um jornalista de caráter duvidoso. Torna-se famosa, recebe um importante prêmio e vai para Hollywood. Aliás, na entrega do prêmio consegue ser fria e sínica o bastante para agradecer a todos que ” a ajudaram” em sua caminhada. Mas no final, prova de seu próprio veneno.Eve  também tem uma admiradora, tão devotada e dedicada quanto ela parecia ser. Phoebe, pelo menos é assim que ela própria quer ser chamada, segura o prêmio conquistado por  Eve e ” pega emprestada” sua linda capa branca, lembrando a cena no começo do filme em que a malvada é surpreendida por Margot  Channing com seu figurino nas mãos fingindo ser  aplaudida.

Será que Phoebe fará a mesma coisa com Eve Harrington? Provavelmente sim, mas não saberemos ao certo porque o filme termina aí. Mas digo a vocês mais uma vez meus queridos: Desconfiem dos bons, sempre!

PS: Marillyn Monroe faz uma participação neste filme no papel de uma atriz iniciante e meio burra. Ela aparece na festa de aniversário do noivo de Margot.  O filme A Malvada claro está entre os 1001 Filmes para ver Antes de Morrer.

” A Malvada é um dos filmes mais perspicazes e sombrios já feitos sobre o show business” ( página 252).

 

 

Anúncios

Sobre Uma Jornalista

Formada em Jornalismo pela PUC Minas em 2011.

Publicado em janeiro 21, 2013, em Uncategorized e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: