Dica de Filme- O Discurso do Rei- Via Casa da Mãe Joana

Boa tarde pessoas lindas que leem meu blog. Tudo bem com vocês? Espero que sim. Estive sumida deste espaço por uns dias. Na verdade, estava meio sem inspiração para escrever. Fico pensando nos escritores que dependem de inspiração para sobreviver, coitados!

Mas enfim, estava eu dando uma olhada no meu e-mail quando tive a grata e feliz surpresa de encontrar mais uma participação para o Casa da Mãe Joana, espaço livre criado para vocês que acompanham o A Vida é um Filme?

Quem enviou a  participação foi minha prima Claudiceia Gomes ( Ceía para os primos, rs), que estuda  Letras,  é  professora e claro, escreve muito bem! Ela sugere o ótimo filme O Discurso do Rei. Aproveito o espaço para agradecer mais uma vez prima! Vamos a dica da Céia!

Baseado em fatos reais, o filme “O Discurso do Rei” relata a luta de um rei para vencer seus medos e o problema com a fala para assumir a coroa. Biográfico, histórico, mas sem aquela mesmice clichê desse e de outros gêneros, o filme foca seu enredo no drama de George, levando os telespectadores a se emocionarem e se divertirem com as cenas, sem deixar de tocar no contexto histórico vivido pela Inglatera, o Nazismo.

Os maus tratos sofridos por George na infância, estes provocados por uma babá, causaram um grande trauma no personagem, o que o faz se sentir inferior, despreparado para assumir o reino. além dessa sequela psicológica, os maus tratos deixaram-no um problema na fala, Disfemia. Um rei, com um problema comum ( no sentido de ser popular), deu um ar humanitário ao filme, Uma forma de mostrar que não importa o status, enquanto humanos, somos todos iguais. A busca interior dá ao filme uma veia comica e um certo clima sentimentalista, mas, não um sentimentalismo barato, sensacionalista. Um sentimento de humanidade, de identificação. Aquele que faz com que nos coloquemos no lugar do outro.
O filme poderia ser apenas mais um lançamento milionário, com grandes atores, cenários belíssimos e originais, entretanto, mais do que retratar um problema de fala, complexos e medos de um rei, acima de tudo, um ser humano, envolve o seu público com um sentimento de luta, perseverança, altos e baixo de alguém que precisa se libertar para seguir sua vida, cumprir seu destino.
Anúncios

Sobre Uma Jornalista

Formada em Jornalismo pela PUC Minas em 2011.

Publicado em janeiro 14, 2013, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: