Crítica: As Aventuras de Pi (2012)

As Aventuras de Pi

Cultura intratecal

as-aventuras-de-pi-2012

Muitos consideravam o livro Life o Pi, do escritor espanhol Yann Martel, impossível de ser adaptado para o cinema. O cineasta Ang Lee provou que quem achava isso estava errado. Vivemos em um mundo onde a tecnologia já avançou tanto que não faz sentido dizer que um livro não pode ganhar sua versão nas telonas. Se a obra vai manter a qualidade aí já é outra conversa. Para alegria dos fãs do livro e dos cinéfilos em geral, As Aventuras de Pi é um dos grandes filmes de 2012.

Uma curiosidade: O autor Yann Martel afirmou que se inspirou no livro Max e os Felinos, do falecido escritor brasileiro Moacyr Scliar. Um ponto interessante é que Martel não havia lido o livro e sim uma crítica do mesmo. Espero poder ler ambos um dia e comparar.

Ang Lee inicia o filme com cenas que mostram diversos animais…

Ver o post original 357 mais palavras

Anúncios

Sobre Uma Jornalista

Formada em Jornalismo pela PUC Minas em 2011.

Publicado em dezembro 29, 2012, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: