Arquivo mensal: dezembro 2012

O tema da minha monografia foi: A Produção de Sentidos no Cinema de Alfred Hitchcock, feita em conjunto com meus amigos: Thiago Felipe, Roberta Lorrainny, Carlos Gandolf e Leonardo Cruz.  E nossa orientadora, professora louca ( assim eu a chamava) Marta Neves! Foi uma experiência cansativa, porém incrível. Como não poderia deixar de ser, escolhemos o cinema para fechar o curso com chave de ouro! Achei os slides que apresentamos no dia da banca na PUC São Gabriel, em BH. Olha aí….     A Produção de Sentidos

Anúncios

Crítica: As Aventuras de Pi (2012)

As Aventuras de Pi

Cultura intratecal

as-aventuras-de-pi-2012

Muitos consideravam o livro Life o Pi, do escritor espanhol Yann Martel, impossível de ser adaptado para o cinema. O cineasta Ang Lee provou que quem achava isso estava errado. Vivemos em um mundo onde a tecnologia já avançou tanto que não faz sentido dizer que um livro não pode ganhar sua versão nas telonas. Se a obra vai manter a qualidade aí já é outra conversa. Para alegria dos fãs do livro e dos cinéfilos em geral, As Aventuras de Pi é um dos grandes filmes de 2012.

Uma curiosidade: O autor Yann Martel afirmou que se inspirou no livro Max e os Felinos, do falecido escritor brasileiro Moacyr Scliar. Um ponto interessante é que Martel não havia lido o livro e sim uma crítica do mesmo. Espero poder ler ambos um dia e comparar.

Ang Lee inicia o filme com cenas que mostram diversos animais…

Ver o post original 357 mais palavras

Retrospectiva dos meus amigos do Face! Os melhores filmes de 2012

Olá pessoas lindas que leem meu blog, tudo bem com vocês? Fiquei dois dias de folga, mas voltei para postar a retrospectiva que meus queridos amigos do Face ( e fora dele também, claro) fizeram especialmente para o blog. Perguntei qual eram o melhor e o pior filmes que eles assistiram em 2012, valendo filme atual ou das antigas. Então, vamos lá começando pelos melhores:

É só clicar nas imagens para ver quem escolheu e porquê.

Muito, muito obrigada a meus fieis amigos do Face que me ajudaram nessa retrospectiva dos melhores. Na segunda, publico os que eles escolheram como os piores filmes vistos em 2012.

Ah, e minhas férias tiveram que ser adiadas para o dia 7 de janeiro, em função de uma colega de trabalho que está de atestado. Tive vontade de matá-la, mas como o clima de fim de ano é de paz e amor, não farei isto.  Bjos!

Romy e Michele: Sobrevivendo ao reencontro com a turma da escola

Nunca fui convidada para uma festa de reencontro da turma da escola. Até que seria interessante rever o pessoal das antigas: o Juscelino Suíno, o Igor Crânio, a turma das patricinhas populares, os bagunceiros, os esquisitos. O que será que essa gente está fazendo hoje, depois de 10, 15, 20 anos sem vê-los heim? Será que casaram, ficaram ricos ( improvável) , tiveram filhos? Alguns eu tenho contato, bom, pelo menos curto a fotos deles no Facebook de vez em quando. Outros eu nunca mais vi. E claro, tem a minha melhor amiga Fernanda, que espero nunca deixar de ter contato.

Hoje estava assistindo Romy e Michele, uma comédia bem engraçada do ano de 1997. E olha que eu nem gosto de comédias. Mas o filme é bem legal e conta a história de duas amigas que nunca foram as mais populares da escola. Aliás, nada populares. Os anos passam e elas recebem um convite para a festa de reencontro da turma do ensino médio e percebem que não podem voltar a sua cidade natal sem estarem ricas e bem casadas. Só que dez anos depois, as duas dividem um apartamento, continuam solteiras, Romy é balconista e Michele está desempregada.  Nada promissor. As duas então decidem que em duas semanas irão reverter o quadro. Porém não conseguem é claro! Até que Romy tem uma ideia brilhante, inventar que as duas são as inventoras do Post it , aqueles adesivos amarelos de colar em computador. E lá vão as   amigas atrapalhadas para a tal festa da turma de 1987. E a partir dai muita confusão pela frente! A dancinha no final do filme ao som de Time after Time é simplesmente hilária!

O mais legal desse filme, além de rever os maravilhosos anos 80 através das roupas e da músicas, é perceber que não vale a pena mentir e tentar  ser outra pessoas só para impressionar os outros.  E muito menos perder uma amizade de muitos anos por isso. Se te convidarem para uma festinha dessas, seja você mesmo e tenha orgulho das coisas que conquistou. Mandei um sms para a Fernanda falando que a Romy e Michele eramos nós duas. Mas ao contrário delas, temos muito que comemorar. Não estamos ricas ainda, mas somos uma jornalista e uma fisioterapeuta de muito talento, estamos com os nossos amores e mais bonitas do que nos anos 90! Lindas amiga, lindas!!!

Pra curtir ainda mais!

Curtindo a vida adoidado enquanto posso

Boa tarde pessoas lindas que leem meu blog. Hoje estou numa boa, aproveitando a folga a mais que eu me dei. Este é o meu centésimo post, então resolvi comemorar de uma maneira bem divertida: Matando serviço e curtindo a vida adoidado. E não estou nem preocupada porque meu patrão não lê este blog e mesmo que ele leia, não estou nem aí.

É engraçado eu matar serviço porque antes de chegar a faculdade, não costumavanem  matar aula, a não ser o dia em que acordava com preguiça e pedia minha mãe para faltar!  Aí quando eu cheguei a faculdade e não precisava mais pular o muro para fugir, desandei a sair correndo PUC  a fora para me livrar de aulas chatas.

E já que hoje eu estou de perninhas pro ar, quero falar de um filme muito legal típico de sessão da tarde quando ainda passavam filmes legais: Curtindo a Vida Adoidado. Mas vou avisar, se você lembra dele , é porque tá ficando velho, já que o filme é de 1986.

Matthew Broderick interpreta um adolescente ( sem ser um, já que ele já estava com 24 anos) entediado com a escola que resolve matar aula através de um plano todo arquitetado em que nada pode dar errado. Ele ainda arrasta com ele a namorada e o amigo medroso . A partir dai são várias confusões pela cidade para não ser descoberto pelos pais e o diretor da escola, o engraçado Jeffrey Jones. Quem também está no filme é Jennifer Grey, de Dirty Dancing, interpretando a irmã chatinha e Cdf de Broderick. Detalhe, ela interpreta uma adolescente, mas na verdade, já estava com 26 anos!

A cena mais legal desse filme para mim é a em que uma turma de pessoas na rua comandadas pelo trio assassino de aulas dança ao som de  Twist and Shout.

Vale a pena ir a Locadora, baixar na internet ou mesmo dar uma olhadinha no You Tube e lembrar desse filme e quem sabe começar a curtir a vida adoidado. Eu vou continuar fazendo isso até amanhã bem cedinho quando volto para minha rotina chata. E o pior é que eu nem posso dormir e babar na carteira se estiver entediada! Que saco!

Curtindo a Vida Adoidado ganha nosso selinho de qualidade, pois está entre os 1001 filmes para  ver antes de Morrer.

” Como nos filmes anteriores do diretor John Hughes O Clube dos Cinco, A Garota de Rosa Shocking e Gatinhos e Gatões, os adultos aqui não compreendem os adolescentes a seus cuidados”. ( página, 731)

” Ao notar uma manhã que ” a vida passa muito rápido”. Se você não parar e olhar ao redor de vez em quando, você pode perdê-la”., Ferris, ( Mathew Broderick) decide matar aula dessa vez em grande estilo.”  Pega emprestada” a Ferrari do pai do amigo Cameron, canta  “Twist and Shout”em um desfile de carros alegóricos na cidade ( em uma das cenas mais memoráveis do filme”), vai a um jogo de Beisebol no Wrigley Field de Chicago e entra de penetra em um restaurante de alta classe.” ( pag, 731).

Curtido a Vida Adoidado

Com selinho de qualidade

Retrospectiva- Os melhores de 2012 por Marcelo Müller

Olá pessoas queridas que leem meu blog, tudo bem? Hoje é natal e muitos devem estar ainda sob o efeito da ressaca da ceia. Aqui em casa a gente só faz almoço de natal, então não estou de ressaca gastronômica ainda. Mas eu gosto muito dessa época de fim de ano. Por isso não poderia deixar de postar aqui no blog as tradicionais retrospectivas.  Começo com quem entende muito do assunto, o jornalista e crítico de cinema Marcelo Müller.  Estava eu um dia procurando alguém que também não fosse fã de Blade Runner. Encontrei o Marcelo, que por sinal, escreveu um post inspiradíssimo contando o porquê de não gostar do filme e fazendo um “churrasquinho de uma vaca sagrada”, ou seja, falando mal de um filme que todo mundo ou quase todo mundo ama. Menos eu e o Marcelo, rs. Entrei em contato por e-mail e ele gentilmente me enviou a sua lista dos 10 melhores filmes de 2012. Aproveito para agradecê-lo mais uma vez.

Então vamos a lista: Clique nas imagens para ver a sinopse.

Ai está então a retrospectiva do Marcelo. Ótimas opções para todos os gostos! Bons filmes para vocês! Ah, e meu computador está travando a cada palavra que escrevo, então não vou me alongar muito antes que ele trave para sempre.

Blog Marcelo: The Tramps (litcine.blogspot.com.br

Ps: Marcelo Müller é crítico de cinema, membro da ABRACCINE (Associação Brasileira de Críticos de Cinema e Coordena a Comissão de Cinema e Vídeo do Financiarte de Caxias do Sul.

Fonte da Sinopses: Adoro Cinema

O Rei Leão: para o Gabriel e para todo mundo assistir!

Hoje meu sobrinho Gabriel passou o dia aqui em casa. Mais uma maratona de Discovery Kids e muita bagunça. Em certo momento para acalmar suas muitas pirraças, peguei um monte de papeis e tinta guache. Pronto, felicidade total do Gabriel e minha cama toda pintada em várias cores. Mas como meu quarto já é uma bagunça normalmente mesmo, não me importei.

Pois bem, estávamos o Gabriel e eu na sala assistindo TV quando passa a propaganda do filme O Rei Leão, que irá passar segunda feira na Globo, em Tela Quente. Meu sobrinho na inocência de seus 3 anos de idade, queria ver o filme naquela hora. Eu disse com toda paciência que não era hoje que ia passar e sim depois. Mas ele começou a chorar e a pirraçar. Com certeza ainda não sabe que nós não temos o poder de manipular a programação da TV. O jeito foi esperar a pirraça acalmar e assistir o Ben 10. Tá, até a hora em que ele começa a chorar dizendo que aquele não era do Ben 10 porque a roupa dele é verde! Como era um desenho de natal, o Ben 10 estava de vermelho. Vai a tia tentar explicar de novo….

A pirraça do Gabriel em querer assistir O Rei Leão se justifica. O desenho, feito em 1994 é realmente muito bom. Não gosto muito de desenhos, mas este merece estar na lista dos melhores já feitos. A trilha sonora  de Elton John  e Tim Rice concorreu ao Oscar e incluía sucessos como ” Circle of Live” e Can You Feel the Love Tonight”.

Quem não se emocionou e se divertiu com o leãozinho Simba tentando escapar de seu tio? O malvado Scar queria matar o legítimo herdeiro do trono do rei Musafa, morto pelo próprio irmão. A voz de Scar é feita pelo ator Jeremy Irons. E as vozes de Simba são feitas por Taylor Thomas como filhote e Mathew Broderick na fase adulta.

Foi com O rei Leão que o mundo conheceu os impagáveis Timão e Pumba, que depois ganharam seus próprios filmes.

” Por sorte os talentos vocais de Nathan Lane ( Timão) Rowan Atkinson ( como o pássaro espertalhão Zazu), Cheeck Marin e Whoopi Goldberg ( no papel das hienas risonhas) estão por perto para oferecer algum alívio sob a forma de humor, ou todos nós deveríamos exigir que o DVD do filme já viesse com uma caixa de lenços de papel”. ( 1001 filmes para ver antes de morrer, página 830).

Por tudo isto e muito mais, O Rei Leão ganha nosso selinho de qualidade!

Nosso selo de qualidade

Nosso selo de qualidade

Selinho de Qualidade: Assista antes que seja tarde!

 

Comprei a pouco tempo o livro 1001 FILMES para ver antes de morrer, editado por Steven Jay Schneider. Como o próprio título diz, a publicação traz a listas dos 1001 filmes que você precisa assistir porque são ótimos, verdadeiros clássicos do cinema. A lista atualizada já saiu, mas eu não ainda não comprei. O problema é que é praticamente o mesmo livro com alguns filmes mais recentes. Porque eles não fizeram uma versão reduzida com os que foram acrescentados? Simples, para fazer a gente gastar mais dinheiro, claro. Na época em que comprei, no começo desse ano, custava R$ 60,00 na Leitura. Não sei o preço agora.  Mas vale a pena. Além de saber mais de 1001 filmes muito bons, as fotos são lindas!

Vou colocar então o selinho de qualidade nos filmes que estiverem entre os 1001 que você precisa ver antes de bater as botas. Vou colocando aos poucos também nos que eu já escrevi sobre eles antes no blog.

Abaixo, meu selinho de qualidade, e já sabem, toda vez que ele aparecer, assista porque vale muito a  pena!

Selo de Qualidade

Selo de Qualidade

Selinho de Qualidade

O Palhaço não vai ao Oscar

Parece que os membros da Academia De Artes e Ciências Cinematográficas não vão muito com a cara do Brasil. Afinal, ficamos de fora de mais uma disputa pelo Oscar, desta vez com o filme O Palhaço, dirigido por Selton Mello. Não vai ser desta vez que os fãs de Larissa Manoela, a Maria Joaquina de Carrossel, que está no elenco ,  a verão andar pelo tapete vermelho.

Na lista de indicados filmes como Amour , direção de Michael Haneke ( Áustria), que ganhou a Palma de Ouro em Cannes,  e o francês ” Intocáveis”. de Oliver Nakache e Eric Toledano. Os cinco finalistas serão indicados por comissões especiais das cidades de Nova York e Los Angeles e os filmes que concorrerão ao Oscar serão divulgados no dia 10 de janeiro.

Não foi desta vez!

Não foi desta vez!

Fonte: Jornal Hoje em Dia

 

 

%d blogueiros gostam disto: