Previsível. Mas quem não é?

Hoje assisti um daqueles filmes que os ditos intelectuais teriam vergonha de admitir que assistiram. Estou falando de De repente 30 ( 13 Going on 30 , EUA, 2004).O filme é uma espécie de Quero Ser Grande, sucesso com Tom Hanks na década de 80 só que no sexo feminino.A história é a seguinte: garota de 13 anos, rejeitada pelas colegas populares, deseja ter 30 anos, ” a idade do sucesso” e tem seu desejo subitamente realizado. A partir daí inicia-se uma série de confusões, já que a menina agora um corpo de 30 anos e uma mentalidade de 13. Previsível, sim, cine pipoca, sim. Mas é um daqueles filmes que nos fazem sonhar e repensar em atitudes que tomamos quando adultos que não são as melhores. Se você estiver em um daqueles dias de nada para fazer ou mesmo precisando de uma animadinha, vale a pena conferir. Eu que estou chegando na casa dos 30, queria mesmo era fazer o contrário da personagem de Jennifer Garner, Jenna Rink, e voltar a ter 13 anos, a idade em que você ainda pode ser um pouco você mesmo.

Anúncios

Sobre Uma Jornalista

Formada em Jornalismo pela PUC Minas em 2011.

Publicado em junho 21, 2011, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: